Este website é destinado para o público portugués. Para que você verifique se o website de seu país está disponpivel, selecione o seu país da lista.
Fechar
Fechar
Fechar
Fechar
Fechar
Fechar

O nosso portfolio diversificado reforça o nosso compromisso com a Saúde das Mulheres

Sinais e sintomas da menopausa

Como é passar pela menopausa?

A menopausa é uma experiência muito pessoal. Enquanto algumas mulheres apresentam sintomas leves, outras experimentam efeitos desagradáveis e persistentes, tanto física quanto psicologicamente. Saber o que esperar durante a transição para a menopausa ajudá-la-á a compreender e gerir as mudanças naturais do seu corpo.

A transição da menopausa começa com a perimenopausa, a fase em que a menstruação se torna irregular e os sintomas podem surgir. A menopausa é definida como o ponto em que um ano se passou desde a sua última menstruação.

Leia mais sobre as fases da menopausa

Existem mais de 20 sintomas da menopausa

Entre estes:

  • Afrontamentos e suores noturnos
  • Mau humor
  • Cansaço ou fadiga
  • Irritabilidade
  • Dificuldade de concentração
  • Enxaqueca ou dores de cabeça
  • Distúrbios do sono
  • Aumento de peso
  • Perda de interesse sexual
  • Períodos irregulares (eventualmente, parando, por completo)
  • Desconforto vaginal
  • Ansiedade
  • Depressão
  • Incontinência urinária ou infeções urinárias recorrentes (ITU)
  • Dor nas articulações e músculos doloridos
  • Inchaço
  • Esquecimento
  • Mastalgia

Muitas mulheres têm experiências diferentes da menopausa e descobrem que os sintomas podem ir e vir.

Perimenopausa

A perimenopausa, geralmente, começa a partir dos 45 anos e pode durar vários anos.

Notará que a sua menstruação começa a ficar irregular e pode começar a sentir sintomas da menopausa.

8 em cada 10 mulheres apresentam pelo menos alguns sintomas da menopausa.

À medida que avança na perimenopausa, as suas menstruações tornam-se menos frequentes e alguns sintomas podem piorar.

Cada mulher passa pela menopausa de maneira diferente. Pode ser útil procurar um médico com interesse especial em acompanhar as mulheres durante a menopausa para ajudá-la a controlar os sintomas mais fortes.

Se considerar que os afrontamentos são, particularmente, difíceis de controlar, não está sozinha.

Até cerca de 80% das mulheres têm afrontamentos moderados ou graves que afetam, negativamente, a sua qualidade de vida.

A causa exata dos afrontamentos não é, totalmente, compreendida.

Saúde mental e a menopausa

Estudos demonstraram que as mulheres apresentam risco aumentado de desenvolver sentimentos de ansiedade e depressão durante a menopausa.

Não está claro, exatamente, a razão pela qual as mulheres apresentam mau humor durante a menopausa. Acredita-se que esta seja causada por uma combinação de níveis reduzidos de estrogénio, distúrbios do sono e sintomas desconfortáveis.

Pós-menopausa

Os sintomas da menopausa geralmente persistem durante cerca de quatro anos após a sua última menstruação. Para algumas mulheres, estes sintomas podem durar muito mais tempo.

Durante os anos da pós-menopausa, a falta de estrogénio pode causar mudanças físicas e psicológicas e ter impactos de longo prazo na saúde.

Atrofia vaginal

Muitas mulheres experimentam alterações vaginais após a menopausa.

A pele dentro da vagina torna-se mais fina e menos elástica com a idade, devido à diminuição dos níveis de estrogénio e androgénio. Isto pode levar a uma condição chamada atrofia vaginal. As mudanças na parede da vagina podem causar secura, desconforto e relações sexuais dolorosas. Poderá também ter infeções urinárias e fraqueza do pavimento pélvico.

Impactos de longo prazo das mudanças hormonais da menopausa na saúde.

A falta de estrogénio durante os anos da pós-menopausa pode causar mudanças físicas e psicológicas e ter impactos de longo prazo na saúde. Pode estar em maior risco de desenvolver algumas doenças, incluindo diabetes, cancro, doenças cardíacas, osteoporose, depressão e demência.

O seu médico pode dar-lhe conselhos sobre programas de rastreio relevantes e medidas preventivas para mantê-la saudável com a idade.

Tratamentos para a menopausa

Não tem que suportar os sintomas difíceis da menopausa.

Existem várias opções de tratamento disponíveis de abordagens médicas e não médicas.

A escolha do tratamento certo é uma decisão muito pessoal. Um médico ou enfermeira com experiência em apoiar mulheres durante a menopausa pode explicar-lhe as várias opções e as vantagens e desvantagens de cada uma.

Opções de estilo de vida

Nalguns casos, mudar o seu estilo de vida sob a supervisão do seu médico pode ser suficiente para controlar os sintomas leves da menopausa. Manter um bom nível de exercício físico e um IMC saudável ajuda o seu corpo a trabalhar da melhor forma. Comer alimentos ricos em cálcio e vitamina D, como laticínios, peixes e vegetais verdes, pode ajudar o seu corpo a manter a resistência óssea.

Tratamento de Substituição Hormonal

O objetivo da Tratamento de Substituição Hormonal (TSH) é repor o estrogénio que diminui no seu corpo durante a menopausa. Se ainda tiver útero, precisará de um TRH que inclua progesterona.

A reposição de estrogénio ajuda a reverter alguns dos sintomas comuns da menopausa, incluindo os afrontamentos. Também pode ajudar a reduzir o risco de desenvolver doenças como depressão, osteoporose, diabetes, doenças cardíacas e alguns tipos de cancro.

A TSH está disponível no formato de comprimido, adesivo ou gel.

A TSH não é adequada para algumas mulheres, incluindo aquelas que tiveram determinados tipos de cancro de mama ou que apresentem alto risco de desenvolver cancro de mama. Se este for o seu caso, o seu médico pode encaminhá-la para um especialista para garantir que recebe o tratamento adequado.

Tratamentos vaginais

Os lubrificantes vaginais costumam ser a primeira opção de tratamento para ajudar a controlar os sintomas da atrofia vaginal.

As terapias hormonais incluem:

  • Estrogénio vaginal, que pode ser administrado na forma de creme, gel, comprimidos, pessário ou anel vaginal
  • DHEA vaginal, que é administrado como pessário
  • Terapia de Substituição Hormonal (TSH)

Os medicamentos não hormonais e terapias a laser estão disponíveis para mulheres que não podem tomar estrogénio vaginal.

Terapias de conversação

As terapias de conversação, como a terapia cognitivo-comportamental (TCC) e a terapia baseada na atenção plena (MBT), podem ajudá-la a desenvolver mecanismos de controlo para gerir o mau humor e a ansiedade à medida que passa pela menopausa.